quinta-feira, 18 de novembro de 2010

O que será que acontece?


O que será que acontece?

A gente corre,
Alcança,
Se perde,
E mesmo assim quando a noite acaba ainda quer continuar a correr.

O que será que acontece?

O riso vira lágrima,
O suspiro vira aperto,
O palhaço vira suspeito,
Mas no final todos querem BIS.

O que será que acontece?

Com meus sonhos de menina,
Com a meia rosa soquete, afunilada, de bichinho e feminina,
Que eu coloquei no varal,
E o vento transformou em 3/4 e roupa social.

 
O que será que acontece?

Quando falo não vejo sentido,
Quando vejo sentido me calo,
E quando tenho tudo junto,
Já me esqueci de todo o resto que eu pensei em querer.


O que será que acontece?
Quando a gente cresce... 
 
 
by Feeh Laís

5 comentários:

Ronaldo Nunes disse...

Quando falo não vejo sentido,
Quando vejo sentido me calo,

Sinceramente poucas vezes vi palavras tão bem expressadas de uma atitude quase inexplicável e real em muitas pessoas...Parabéns moça Ruivah!!rs

André Luis de Vasconcelos disse...

as vezes falamos tanto que o silencio vira uma resposta. @sempreandre da hora..

Crônica Mendes disse...

O que será que acontece,
Quando o sorriso foge da boca
e o rosto sofre e se esquece...
Que um dia ja foi feliz.

O que será que acontece
Quando o que estou lendo é sobre mim
e ninguém passa a me conhecer
Mas por que?

Será erro meu
teu, ou o que.
O que será que acontece
depois que a gente crescer
depois que a gente cresce.

Linda poesia.
Bela interrogação.
Parabéns.

edugodoy disse...

Ola ,
sou integrante do coletivo elo da corrente que realiza saraus em pirituba toda quinta exceto a ultima do mes, estou convidando vc p uma visita ao nosso sarau... edu
PS:bonita poesia...
PS2: me manda seu email- edugmg@hotmail.com

enorah disse...

Tbm gostaria de saber o que acontece, é mesmo uma coisa estranha viver a infacia e abadona-la assim só porque cresceu .

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...